FALE CONOSCO
49 98875-5236
Central de Atendimento
(49) 3304 4757 . sac@nutrir-sc.com.br
Postado em 19 de Abril de 2018 às 13h12

CÂNCER DE ESÔFAGO: O QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA EVITAR A DESNUTRIÇÃO

SAÚDE (62)
Nutrir Nutrição Enteral e Suplementação O câncer de esôfago é uma neoplasia de alta letalidade, isso significa que o número de morte por este tipo de câncer se aproxima do número de casos novos. Isto se...

O câncer de esôfago é uma neoplasia de alta letalidade, isso significa que o número de morte por este tipo de câncer se aproxima do número de casos novos. Isto se deve por esta ser uma doença de rápida disseminação, e na maioria das vezes, descoberta em fases bem avançadas da doença.

Esta neoplasia apresenta a particularidade de interferir diretamente na adequada alimentação do indivíduo portador da doença, pois, um dos seus principais sintomas é a disfagiaConforme o avanço da doença, este sintoma vai ficando mais evidente, impedindo a passagem de alimentos sólidos, levando a um declínio da alimentação do indivíduo, necessitando optar por uma alimentação mais macia, refeições liquidificadas ou até restringir-se ao consumo de líquidos apenas. 

Além de o sintoma afetar diretamente no estado nutricional, vale ressaltar que o câncer propriamente provoca alterações no organismo, as alterações metabólicas causadas pela inflamação e o catabolismo decorrente da neoplasia contribuem para a desnutrição proteico-calórica. 

Em virtude disso, a intervenção para a garantia de um aporte nutricional adequado e a prevenção da desnutrição neste paciente deve ser realizada precocemente, para que, ao chegar no momento do tratamento, seja ele cirúrgico ou clínico (quimioterapia e/ou radioterapia), o portador da doença possa estar preparado fisiológica e nutricionalmente.

Desta forma, a inclusão de suplementos nutricionais hipercalóricos e hiperproteicos precocemente se fazem necessários e ainda, nos casos em que o paciente deverá passar por um tratamento cirúrgico, a nutrição imunomoduladora deve ser iniciada de 7 a 14 dias antes da cirurgia, trazendo os mais diversos benefícios ao organismo.

Estas intervenções, - que devem ser realizadas por um profissional nutricionista -, conduzirão ao paciente uma boa tolerância aos tratamentos oncológicos que a ele serão propostos e, consequentemente, propiciarão qualidade de vida.

LETICIA CARLESSO
Nutricionista CRN² 13477
Especialista em Gestão e Atenção Hospitalar no Sistema Público de Saúde com Ênfase em Hemato-Oncologia (HUSM/UFSM)
Mestre em Ciências da Saúde (UFSM)

Conheça a Nossa Linha de Produtos para Oncologia!

Veja também

DOENÇAS CRÔNICAS21/03/16 Existem muitas doenças crônicas graves, aquelas doenças prolongadas que afetam seriamente a qualidade de vida do individuo e afetam pessoas de todas as idades. Um fator comum envolvido na melhoria da qualidade de vida de pacientes com doenças crônicas graves é a nutrição adequada. A obesidade e diabetes estão intimamente relacionados a doenças......
A IMPORTÂNCIA DO ESTADO NUTRICIONAL PARA A SUA CIRURGIA22/03/18 O estado nutricional está diretamento relacionado ao estado imunológico, podendo interferir tanto de forma positiva quanto negativa no resultado da sua cirurgia. Realizar um preparo imunológico antes da cirurgia, consumindo......
Pacientes com Câncer: Entenda os riscos da Perda de Peso11/07/17 O câncer é uma doença que se caracteriza pelo crescimento descontrolado, rápido e invasivo de células com alteração em seu material genético. São vários os fatores que influenciam o......

Voltar para BLOG